Pão de Ló recheado da Sofia



Eu ando cheia de vontade de fazer um bolo enorme maior do que aqueles que a minha mãe faz😂.
Um bolo de 40 andares, eu tenho vertigens,mas,tenho uma teoria, numa mesa enorme monto os vários andares e depois alguém os põe uns de cima dos outros e o bombeiro que vem buscar o meu avô traz um carro dos bombeiros e vai lá ao topo cortar uma fatia.
A minha mãe diz que sou maluca, mas,um dia eu vou fazer um bolo de 40 andares, aí vou, vou. Vocês vão ver.
Este fui eu que fiz, a minha mãe ajudou um pouquinho a incorporar a farinha que já me doía o braço, mas pouco que ela com a mão direita não faz nada de jeito.
Ela até pensa que sim😂, deviam ter visto ela com a mão direita a ensinar a tapar buracos do bolo para ficar mais direito.
Não sei como ela consegue os dela ficam direitos, todas as camadas coza de uma forma ou outra mas o meu estava muito torto😪.
Apesar de tudo lá a entendi e depois de ela muito insistir que era assim que tinha que fazer para ficar mais direito, lá lhe fiz a vontade.
Alguém me explica porque as mães têm sempre razão? Eu não lhe dou a razão, mas devia ter dado mais cedo, eu passava de um lado ficava torto do outro. Que coisa difícil de fazer...
A minha mãe da vez de espalhar meteu chocolate em monte e disse faz assim em todos os buracos, mas isso lá faz sentido😤, a minha mãe é tão chata que tive que lhe fazer a vontade. E no fim acabei por ter um bolo quase direito. E se não ficou direito digo em minha defesa que a culpa é da minha mãe que não me ensinou melhor. Diz que tenho tempo de aprender e que Roma e Pavia não se fizeram num dia.
Eu nunca fui nem a um lado nem ao outro, e ela dizia logo como era e eu escusava de ter deitado umas pingas de água dos olhos, irritada, porque não estava direito. 
E mais irritada fiquei com ela a dizer para só tapar os buracos que no no fim ficava direito😤.
Quando ela for fazer bolos vou espreitar e descobrir todos os segredos... Roma e Pavia...



Receita confecionada com a minha batedeira de mão 


Ingredientes da ganache:
400 gr de chocolate
400 ml de natas

Preparação:
Corte o chocolate em cubinhos, entretanto ferva as natas no microondas durante 6 minutos.
retire e deite sobre o chocolate.
Não mexa durante um minuto para o chocolate amolecer.
Depois mexa bem até ficar um creme macio.
Guarde à temperatura ambiente durante 4 horas.

Ingredientes para a massa( todos malucos, Sofia quantos ovos ainda há? Então metes isto, e isto, mas ganhei a minha mãe queria aroma de laranja e eu quis maracujá, pronto já não foi tudo da ideia dela😜):
19 ovos
400 gr açúcar
500 gr de farinha
1 colher de sopa de vinagre
10 gr de fermento
7 gr de bicabornato de sódio
1 colher de sobremesa de aroma de maracujá
1 pitada de sal
1 pitada de gengibre moído


Preparação:
Misture a farinha com o fermento e o bicabornato de sódio e reserve.
Separe as gemas das claras(demorou mas, separei todos bem).
Bata as gemas com as claras e até ter o quadruplo do tamanho(meu rico bracinho,acho que bati quase 20 minutos). Adicione a pitada de gengibre e o aroma e bata mais cinco minutos.
Coloque uma pitada de sal nas claras e bate em castelo bem firme(aí,o meu braço).
Com a ajuda de uma peneira adicione a farinha, alternando com as claras. Use uma vara de arames e faça tudo muito devagarinho ate estar tudo incorporado(já tinha tanta dor no braço que a minha mãe ajudou uns minutos).
Por fim coloque a colher de sopa de vinagre e envolva suavemente.
Coloque em duas formas untadas e polvilhadas com farinha e leve ao forno pré-aquecido a 170 graus, coza durante 45 minutos mantendo a temperatura.
Retire e deixe arrefecer totalmente(aqui foi para não me queimar.vocês esperam uns minutos e desenformam,mas só o usam quando estiver frio).

Calda de açúcar(a minha mãe fez na bimby):
520 gr de água
165 gr de açúcar
5 gr de aroma de maracujá

Preparação:
Coloque todos os ingredientes no copo e programe 10 minutos,120 graus,velocidade 0,5.
Retire, coloque no frigorífico para arrefecer bem.


Entretanto fomos jantar, arrumamos a cozinha e descansei o meu bracinho. Por vontade da minha mãe íamos dormir, mas eu não tinha sono...

Montagem:
Dividam cada bolo em três camadas(usei o serrote de pastelaria da minha mãe ficou quase perfeito).
Coloquem o ganache numa taça e batam muito bem com a batedeira até ficar tipo mousse de chocolate.
Coloquem a calda num doseador e mãos à obra.
Colocam uma camada de bolo no prato de servir, regam muito bem com a calda e depois espalham o ganache. Repitam ate terminarem as camadas de bolo.
Depois com muita paciência, comecei a cobrir com o chocolate,mas, não foi nada fácil...
Façam como eu o melhor que puderem. E como eu estava um pouco triste a minha mãe deu-me o tabuleiros das drageias de açúcar e dos chocolates coloridos. Foi a melhor parte, fiz como a minha mãe a atirar contra o bolo,até me passou a dor do meu bracinho.
Eu ouvia a minha mãe a suspirar... o chão ficou muito mau. Ela ate disse que não me ajudava, mas pegou numa mini vassoura, o meu irmão tinha escondido a grande...
Fomos para a cama eram 2 da manhã, fui dormir muito contente.
A minha mãe coitada hoje no fim de tomar-mos o pequeno almoço andou na cozinha com o aspirador grande, acho que abusei nos lançamentos.
A meio da manhã abrimos o bolo e fiquei muito contente estava tão lindos andei aos pulinhos a dizer consegui,consegui.
O meu pai ouviu, e veio espreitar. A minha mãe fez aquele ar habitual... e foi buscar a faca...
Bem o meu bolo foi viajar até ao armazém e cá em casa ficaram duas fatias(vá lá deixou fatias grossinhas), o meu irmão ficou triste, mas eu até gosto... assim que formos comprar ovos faço mais :)

Espero que gostem do meu bolinho.


Comentários

  1. Que bolo lindo e delicioso certamente!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  2. Parabéns!!! E.....as mães têm sempre razão excepto de vez enquando nas novas tecnologias. Querida o bolo ficou fantástico e decerto muito saboroso. Estou contigo no maracujá, vês as mães também sabem ser razoáveis quando é preciso! E sim Roma e Pavia não se fizeram num dia, vais ver que qualquer dia nem é preciso a mãe estar ao pé de ti quando fizeres o teu bolo de quarenta andares, só para ajudar a comer.
    Adorei o bolo, a história e.... AS MAES TÊM SEMPRE RAZÃO
    Beijinhos
    Ana http://acozinhadaanikasblog.wordpress.com

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares